Audio tour

Audio tourROTA 11. Um passeio pela recreação

2 sights

  1. Audio tour Summary
  2. Audio tour Summary

    O Vale de Los Pedroches é atravessado por estradas principais, caminhos intermináveis de transumância, rotas de peregrinação e povoações, estradas para as capitais dos reinos de outrora, entre aldeias e povoados, com paragens em casas de campo e pousadas; mosteiros paleo cristãos, almunias e conventos cheios de lendas, falsificadores de costumes, credos e povos que deixaram a sua marca no modo de vida, no património e na longa história de uma região que, devido às suas peculiaridades, a sua riqueza cultural e patrimonial despertou o interesse de autores e investigadores clássicos do novo milénio. Dos discípulos de Polybius aos nossos contemporâneos, a História e a Memória do Vale continuam a despertar o interesse de antropólogos, sociólogos, geógrafos, historiadores e investigadores, ocupando e inspirando artistas de todas as idades e disciplinas.

    O Vale é a fonte inesgotável e fonte de inspiração na obra de Juana Castro, na temática e nas formas únicas de recriar os seus conceitos de amor e dor a partir do ser feminino, na estreita relação com a Natureza e na visão clarividente do universo da mulher, desde a primeira marca até à decrepitude.

    Chora, pequenino.
    Está a ser circuncidado em beleza,
    chorar,
    os seus buracos de escravos ténues
    proclamará o seu ser a partir do sangue.
    Estão a amarrar-te ao ouro

    para que não se lembre

    nem vontade nem inteligência,
    para que seja eternamente um boneco
    presas a ornamentos e olhares.
    As suas duas pétalas de rosa perfuradas
    são a primeira dor da sua memória,
    chora... (1)

    Este passeio faz parte de um Percurso Emocional com Juana Castro através de Los Pedroches, que pretende mergulhar-nos nas paisagens rurais e sentimentais do paraíso onírico que inspira a prolífica produção literária desta poetisa, académica, colunista, crítica literária e professora de várias gerações de escritores contemporâneos.

    Nascida em Villanueva de Córdoba (Los Pedroches, 1945), Juana Castro foi pioneira na reivindicação do feminino no mundo rural e na história, a partir de uma terra - a sua - em que a devoção, a festividade e a vida quotidiana assumem a forma de mulheres.

    A sua voz, invulgar e romântica, forma um singular inverso poético que nos chega endossado por inúmeros títulos, prémios literários e reconhecimento, desde a sua primeira colecção de poemas Cóncava mujer, (1978) até Antes que el tiempo fuera (2018). Foi distinguida, entre outros, com a Medalha da Andaluzia (2007) ou com o Prémio da Crítica Nacional (2010).

     

    (1) Castro Muñoz, Juana. María Encadenada. 'Cóncava Mujer', 1978.

     

    Textos espanhol: Matilde Cabello

    Tradução: Sérgio Sampaio de Carvalho

    Locução: Carlos Flores

    Fotos fornecidas por: 

    ·   Ayuntamiento de Alcaracejos

    ·   Ayuntamiento de Añora

    ·   Ayuntamiento de Belalcázar

    ·   Ayuntamiento de El Viso

    ·   Ayuntamiento de Hinojosa del Duque

    ·   Ayuntamiento de Pedroche

    ·   Ayuntamiento de Pozoblanco

    ·   Ayuntamiento de Villanueva de Córdoba

    ·   Ayuntamiento de Villanueva del Duque

    ·   CIET Los Pedroches

    ·   Mancomunidad de Los Pedroches

    ·   Parque Natural Sierra de Cardeña y Montoro 

    ·   Patronato de Turismo de Córdoba

  3. 1 Paragem 1. Auto Sacramental dos Reis Magos
  4. 2 Paragem 2. A Vaqueira de la Finojosa
  5. 3 Paragem 3. A revolta de Pedroche
  1. Audio tour Summary

    O Vale de Los Pedroches é atravessado por estradas principais, caminhos intermináveis de transumância, rotas de peregrinação e povoações, estradas para as capitais dos reinos de outrora, entre aldeias e povoados, com paragens em casas de campo e pousadas; mosteiros paleo cristãos, almunias e conventos cheios de lendas, falsificadores de costumes, credos e povos que deixaram a sua marca no modo de vida, no património e na longa história de uma região que, devido às suas peculiaridades, a sua riqueza cultural e patrimonial despertou o interesse de autores e investigadores clássicos do novo milénio. Dos discípulos de Polybius aos nossos contemporâneos, a História e a Memória do Vale continuam a despertar o interesse de antropólogos, sociólogos, geógrafos, historiadores e investigadores, ocupando e inspirando artistas de todas as idades e disciplinas.

    O Vale é a fonte inesgotável e fonte de inspiração na obra de Juana Castro, na temática e nas formas únicas de recriar os seus conceitos de amor e dor a partir do ser feminino, na estreita relação com a Natureza e na visão clarividente do universo da mulher, desde a primeira marca até à decrepitude.

    Chora, pequenino.
    Está a ser circuncidado em beleza,
    chorar,
    os seus buracos de escravos ténues
    proclamará o seu ser a partir do sangue.
    Estão a amarrar-te ao ouro

    para que não se lembre

    nem vontade nem inteligência,
    para que seja eternamente um boneco
    presas a ornamentos e olhares.
    As suas duas pétalas de rosa perfuradas
    são a primeira dor da sua memória,
    chora... (1)

    Este passeio faz parte de um Percurso Emocional com Juana Castro através de Los Pedroches, que pretende mergulhar-nos nas paisagens rurais e sentimentais do paraíso onírico que inspira a prolífica produção literária desta poetisa, académica, colunista, crítica literária e professora de várias gerações de escritores contemporâneos.

    Nascida em Villanueva de Córdoba (Los Pedroches, 1945), Juana Castro foi pioneira na reivindicação do feminino no mundo rural e na história, a partir de uma terra - a sua - em que a devoção, a festividade e a vida quotidiana assumem a forma de mulheres.

    A sua voz, invulgar e romântica, forma um singular inverso poético que nos chega endossado por inúmeros títulos, prémios literários e reconhecimento, desde a sua primeira colecção de poemas Cóncava mujer, (1978) até Antes que el tiempo fuera (2018). Foi distinguida, entre outros, com a Medalha da Andaluzia (2007) ou com o Prémio da Crítica Nacional (2010).

     

    (1) Castro Muñoz, Juana. María Encadenada. 'Cóncava Mujer', 1978.

     

    Textos espanhol: Matilde Cabello

    Tradução: Sérgio Sampaio de Carvalho

    Locução: Carlos Flores

    Fotos fornecidas por: 

    ·   Ayuntamiento de Alcaracejos

    ·   Ayuntamiento de Añora

    ·   Ayuntamiento de Belalcázar

    ·   Ayuntamiento de El Viso

    ·   Ayuntamiento de Hinojosa del Duque

    ·   Ayuntamiento de Pedroche

    ·   Ayuntamiento de Pozoblanco

    ·   Ayuntamiento de Villanueva de Córdoba

    ·   Ayuntamiento de Villanueva del Duque

    ·   CIET Los Pedroches

    ·   Mancomunidad de Los Pedroches

    ·   Parque Natural Sierra de Cardeña y Montoro 

    ·   Patronato de Turismo de Córdoba

Reviews

No reviews yet

Write the first review
A minimum rating of 1 star is required.
Please fill in your name.

Sponsors of this tour